/
192 Views0
blog 9

Em pouco mais de 1 mês faleceram, sem qualquer aviso prévio, 3 pessoas que me eram relativamente próximas. Pessoas com quem ri, com quem trabalhei, com quem partilhei muitos momentos. Pessoas boas. Pessoas jovens, que deixaram família por crescer. Um dia estamos cá, no outro não.

A azáfama da vida faz-nos passar ao lado de pequenas tão grandes coisas, talvez as mais importantes, pois temos tanto a fazer em tão pouco tempo, que são as 24 horas de um dia. E 24 atrás de outras 24 horas, e por aí adiante. Não nos apercebendo do que estamos a deixar para trás.

Leia mais aqui.